APC 6 REC HISTÓRIA
índice.jpg
Aluno, caso queira conversar com o profe
LIVE AO VIVO - 9º e 8  ANOS.png
8 C.png
8 D.png
TRABALHO APC6

COPIE AS PERGUNTAS E AS RESPONDA (A LÁPIS OU CANETA EM UMA FOLHA DE SEU CADERNO OU NO VERSO DA FOLHA, CASO FOR ENTREGAR NA ESCOLA).

VOCÊ PODERÁ TAMBÉM CARREGAR UMA FOTO (PERGUNTAS E RESPOSTAS FEITAS EM SEU CADERNO) NO CLASSROOM OU E-MAIL PARA: valdir.122112@edutec.sed.ms.gov.br ATÉ O DIA 30/06/21.

 

REVOLUÇÃO AMERICANA

Em síntese, a Revolução Americana levava em consideração os interesses das classes altas dos EUA, sendo assim realizada pela elite colonial. Porém, foi uma revolução baseada nos ideais do iluminismo. Dessa forma, a independência dos EUA também serviu para que outros países entrassem em movimentos semelhantes.

Nesse sentido, a Revolução Americana ocorreu justamente pelo descontentamento das colônias em relação à metrópole. Isso porque, as colônias possuíam um sistema de organização próprio. Além disso, foram se tornando independentes, o que gerou incômodo quando a metrópole tentou exercer maior poder sobre a colônia.

 

Diferente do processo de colonização dos espanhóis e portugueses, em que as colônias eram dominadas pelas metrópoles, no norte da América foi um pouco diferente. Isso porque, as Treze Colônias Americanas possuíam autonomia. Assim, quando a metrópole tentou exercer maior poder sobre as colônias, reduzindo a autonomia conquistada, o movimento gerou insatisfação.

Em síntese, toda a tentativa de exercer maior poder sobre as colônias veio do endividamento da Inglaterra após a Guerra dos Sete Anos (1756-1763). Desse modo, passaram a cobrar mais impostos das colônias. Por consequência, a Inglaterra começou a criar diversas leis consideradas impopulares na América do Norte. Assim, leis como a Lei do Selo – considerava que toda encomenda só seria válida com o selo inglês – e a Lei do Chá geraram descontentamento das colônias e por consequência uma Guerra pela Independência vencida pelo que conhecemos atualmente por EUA da América.

Leia mais em: https://conhecimentocientifico.r7.com/revolucao-americana-historia/

1. De acordo com o 1° e 2º parágrafos, porque aconteceu a Revolução Americana. (1,34)

2. Conforme o 3º parágrafo, como as colônias das Treze Colônias (atual EUA) foi diferente das outras colônias americanas. (1,34)

3. Lendo o 4º parágrafo, qual a relação (o que um tem a ver com o outro) entre a Guerra dos Sete Anos (1756-1763) como a Guerra pela Independência dos EUA. (1,34)

 

A REVOLUÇÃO FRANCESA

Dentre as principais causas da Revolução Francesa, podemos destacar o custo da monarquia, pois o rei Luís XVI e a sua corte gastavam enormes quantias para sustentar seus privilégios.  As ideias iluministas também influenciaram o desejo por reformas políticas e econômicas.  Os ideais de liberdade, igualdade e fraternidade acabaram estampados nas cores da bandeira também no hino da França.

O gasto com guerras pesou na economia do país. A França participou da Guerra da Independência dos Estados Unidos e perdeu a Guerra dos Sete Anos, contra a Inglaterra. Além disso, o quadro econômico na França era péssimo e a fome ameaçava a população.  Secas prejudicavam a agricultura e acentuavam a miséria.  Havia escassez de alimentos, o que aumentava ainda mais a revolta da população.

Sem conseguir conciliar os interesses dos três estados – e sem tomar decisão alguma – Luís XVI mandou fechar a Assembleia. Descontentes, o terceiro estado – liderados pela burguesia – exigiu a criação de uma constituição para a França. O povo saiu às ruas.

A manifestação do povo chegou na Bastilha, prisão política da monarquia francesa. Considera-se que o povo invadiu esta prisão com objetivo de se apoderar da pólvora lá existente.  De qualquer forma, a Queda da Bastilha, em julho de 1789, se tornou o símbolo do início da Revolução Francesa.

A Revolução Francesa deixou um importante legado na história da humanidade: pôs fim ao Antigo Regime e inaugurou o Estado moderno onde vigora um contrato social com tripartição de poderes, significando que a população forma uma entidade responsável pela organização social, que está pautada na tripartição dos poderes: legislativo, judiciário e executivo.

O legado deixado pela Revolução Francesa pode ser tido como positivo. Do ponto de vista jurídico, a principal herança diz respeito à forma de organização do Estado, que passou a se pautar pela vontade da soberania popular, respeitando-se, contudo, os direitos fundamentais, que tem como uma de suas origens a Declaração dos Direitos do Homem e do Cidadão (1789), um dos pontos mais marcantes da Revolução.

Leia mais: https://www.diritto.it/revolucao-francesa-breve-ensaio-sobre-seu-legado-para-o-direito/

4. De acordo com os dois primeiros parágrafos, escreva os cinco motivos que desencadearam a Revolução Francesa. (1,34)

 

5. Com a leitura do 3º e 4º parágrafos, o que significou a Queda de Bastilha para com a Revolução Francesa. (1,34)

 

6. Com os dois últimos parágrafos acima, responda quais foram os quatro grandes legados deixados pela Revolução Francesa a todos nós. (1,34)

convert-images-pdf-windows-10.jpg
E-MAIL PARA O ENVIO - APC6 - 8 ANOS.png
gmail.jpg
índice.jpg
8 C.png
8 D.png