images_edited.jpg
maxresdefault.jpg
LIVE APN1  -  8  ANOS.png
CLIQUE AQUI.png
convert-images-pdf-windows-10.jpg

Feudalismo

https://www.youtube.com/watch?v=gt7vj3fl4wg

Canal: Padrim

 

  O feudalismo foi um conjunto de práticas envolvendo questões de ordem econômica, social e política. Entre os séculos V e X, a Europa Ocidental sofreu uma série de transformações que possibilitou o surgimento dessas novas maneiras de se pensar, agir e relacionar.

  Ruralização da economia: A economia sofreu uma retração das atividades comerciais, as moedas perderam seu espaço de circulação e a produção agrícola ganhou caráter subsistente. Nesse período, a crise do Império Romano favoreceu um processo de ruralização das populações, que não mais podiam empreender atividades comerciais. Isso ocorreu em razão das constantes guerras promovidas pelas invasões bárbaras e a crise dos centros urbanos constituídos durante o auge da civilização clássica.

  O senhor feudal: representava a classe detentora de terras. Divididos por diferentes títulos, os nobres poderiam ser responsáveis desde a administração de um feudo até a cobrança de taxas ou a proteção militar de uma determinada propriedade. A autoridade exercida pelo senhor feudal, na prática, era superior à dos reis, que não tinham poder de interferência direta sobre as regras e imposições de um senhor feudal no interior de suas propriedades.

 

Fonte: https://brasilescola.uol.com.br/historiag/feudalismo.htm

 

APN1 - HISTÓRIA - PROFESSOR VALDIR

NOME: 

1. De acordo com o 2º parágrafo, escreva o significado do termo: Ruralização da economia. (copie a pergunta e escreva em seu caderno)

 

2. De acordo o 3º parágrafo, como definia-se o poder dos senhores feudais? (copie a pergunta escreva em seu caderno)

 

Mercantilismo e as Grandes Navegações.

https://www.youtube.com/watch?v=33nM1pNEzkw

Canal: Parabólica

  O mercantilismo foi o conjunto de práticas econômicas adotado pelas nações europeias entre o século XV e o século XVIII. Foi nesse contexto de forte intervenção do Estado na economia, de expansão do comércio mediante a exploração colonial e de crescimento das manufaturas que se consolidou uma série de práticas econômicas que recebeu o nome de mercantilismo. Como essas práticas econômicas são consideradas embrionárias ao capitalismo, alguns historiadores chamam o mercantilismo de capitalismo comercial.

  Metalismo: também conhecido como bulionismo, esse princípio consistia em defender a acumulação de metais preciosos como principal forma de obtenção de riquezas. Esse conceito foi utilizado principalmente na Espanha, durante o reinado dos reis católicos Fernando de Aragão e Isabel de Castela. Essa prática coincidiu exatamente com o período em que os espanhóis traziam enorme quantidade de metais preciosos de suas colônias da América.

  Balança comercial favorável: essa teoria defendia que a soma das transições comerciais de um Estado deveria ser positiva, ou seja, o volume de mercadorias vendidas deveria ser superior ao volume de mercadorias compradas.

 

3. De acordo com o 1º parágrafo, escreva as principais características do Mercantilismo. (copie a pergunta e escreva em seu caderno)

4. Conforme o 2º e 3º parágrafo, defina as principais características do metalismo e da balança comercial favorável. (copie a pergunta e escreva em seu caderno)

 

Colonização portuguesa do Brasil

https://www.youtube.com/watch?v=D38xy_Syfsg

Canal: @kellygonçalves

   A colonização do Brasil iniciou-se, em 1500, com a chegada dos portugueses ao nosso território, embora ações efetivas de colonização só tenham se desenvolvido na década de 1530. A mão de obra majoritária foi a dos escravizados indígenas e africanos, sendo que os primeiros eram obtidos por bandeirantes e os segundos eram trazidos pelo tráfico negreiro.

  A presença portuguesa nesse período consistia em explorar o pau-brasil, árvore nativa que tinha valor para os portugueses por causa de um corante extraído de sua madeira. A principal mão de obra nesse tipo de exploração foram os índios, sobretudo quando a árvore começou a ficar escassa no litoral.

  Para explorar o pau-brasil, os portugueses mobilizavam os índios por meio do escambo, isto é, pela troca. Os índios localizavam, extraíam e carregavam as toras até as feitorias construídas pelos portugueses no litoral brasileiro, e, em troca, recebiam objetos variados, como machados. A partir da década de 1530, essa atividade perdeu fôlego, assim como o comércio de especiarias, e os portugueses decidiram estabelecer medidas mais efetivas de colonização.

  A colonização do Brasil foi um empreendimento em que Portugal explorou os recursos existentes no território brasileiro, além de vidas humanas. A principal mão de obra utilizada pelos portugueses durante a colonização foi a dos escravizados indígenas e africanos. Estima-se que a escravidão tenha sido implantada no Brasil na década de 1530.

  A escravidão foi uma instituição violenta que colocava seres humanos em condições cruéis. Milhões de indígenas e africanos morreram por toda a violência que sofreram dos portugueses durante os três séculos de colonização. A escravização dos indígenas foi proibida pelo marquês de Pombal, em 1757, e a escravização de africanos e seus descendentes só acabou em 1888, mais de 66 anos depois de conquistada nossa independência.

  Assim, a alta procura por escravizados, a redução da população indígena e a lucratividade do tráfico negreiro contribuíram para que os africanos se tornassem o principal grupo escravizado no Brasil. A escravização de africanos feita pelos portugueses não foi iniciada no Brasil, pois, no século XV, os portugueses já compravam africanos para ser escravizados em Lisboa.

  O tráfico negreiro foi uma das atividades mais lucrativas (e cruéis) da colonização e foi responsável pela chegada de quase cinco milhões de africanos ao Brasil. O tráfico negreiro trouxe africanos escravizados para o Brasil por três séculos, sendo proibido somente em 1850.

 

5. De acordo com os 1º, 2 e 3º parágrafos, como foi realizada a exploração e extração do pau-brasil. (copie a pergunta e escreva em seu caderno)

6. Conforme o 4º e 5º parágrafos, como ocorreu o processo de escravização do Brasil. (copie a pergunta e escreva em seu caderno)

7. Lendo o 6º e 7º parágrafos, escreva porque Portugal decidiu substituir o trabalho escravo indígena pelo africano. (copie a pergunta e escreva em seu caderno)

CLIQUE AQUI.png
E-MAIL PARA O ENVIO  8 ANO - APN1.png
CLASSROOM 8 A.png
CLASSROOM 8 B.png
CLASSROOM 8 C.png